Medo!


Quantas vezes já não deixamos de agir e de realizar coisa que tínhamos tanta vontade por simplesmente sentirmos medo!? Se a cada dia houver uma escolha, algo que lhe coloque medo de verdade e te impeça de continuar: revire, dê a volta por cima e esqueça!. Não pense!

A cada erro que lhe ocorre você busca uma saída, uma desculpa... Ao invés de assumir o que realmente quer fazer.

Existem momentos em que lhe fazem bem e não querer retribuir esse sentimento ao próximo seria covardia? Seria orgulho? Seria novamente o medo do que possa acontecer futuramente?

Até quando ficaremos medindo nossas atitudes e esforços pensando no que “pode acontecer” amanhã...? Se algo lhe faz bem hoje, poderá ter certeza de que esse bem estar se perpetuará em qualquer circunstancia, e o que estiver por vir será mera convenção, próprio e digno de acontecer.

Somos responsáveis pelos nossos atos, pelos nossos pensamentos e por aquilo que cativamos.

Onde já se viu uma semente plantada, no outro dia já se transformar em uma árvore cheia de frutos?

Tudo, tudo merece e precisa de tempo pra amadurecer, para colher bons frutos e para gerar lindas e perfumadas flores.

Todo o tempo é o alicerce necessário para as próximas escolhas.

Só tome cuidado com seu amadurecimento: Poderá ficar tão “maduro”, que cairá logo do da árvore... Apodrecendo no chão frio e infértil.


Entender o que lhe faz bem é o necessário hoje para seguir em frente, colocando tudo na balança. Tais sentimentos e pessoas tão raras que lhe demonstram a felicidade não são dignas de merecer sua desconfiança.

Mesmo que todas as sensações não sejam para sempre, que nem todo dia claro terá o sol brilhante e que a noite que você dormir sem travesseiro será uma noite perdida, não quer dizer que sejam motivos para um coração de amarguras.

Nosso estado de consciência se reflete no que somos e no que ainda queremos ser.


Viva agora como se não houvesse um fim, como se o sol estivesse para sempre brilhando no céu, e que não existisse a dor. Pois todo sentimento embasado na sinceridade e no amor nunca há de acabar!

Comentários

  1. Boa tarde Lu, estou precisando de informações referentes à música Alegria, pois faço parte de um Coral Espírita e temos interesse em gravar esta música no nosso primeiro CD. Seria possível me enviar seu e-mail para eu lhe passar todas as informações? Você sabe de quem é a letra e música? Desde já agradeço e aguardo seu retorno.
    Ana Beatriz (anabeatrizleite@globo.com)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Clareza na idéia : Tempo

Um conto da Estrela e da Noite

As suas luzes