Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2010

Se descobrindo II - Lamentações

Imagem
Eu aqui, me sentindo tão sozinho paro pra pensar o quão a vida nos atropela e nos levanta, e que ao mesmo tempo em que eu não sou nada, eu posso ser tudo o que eu quiser... E que alguém no mundo acredita no que sou e onde posso chegar.
É uma confusão tão grande que o otimismo se transforma facilmente em ódio, e estes dois sentimentos se misturam em segundos em minha mente.
E eu continuo aqui, me lamentando, tentando esconder minhas fragilidades quando pareço forte, e tentando mostrar toda minha fortaleza quando na verdade quem mais precisa de apoio sou eu.
Este tem sido o problema: Acreditar mais nos outros do que em si próprio, pensar que todos merecem algo especial, e eu não. Pensar que todos têm motivos para sorrir, pois são merecedores, e eu não.
O céu parece abrir, e uma cratera que leva ao fundo dela a dor eu caio como um grão de areia, e suplico na escuridão para que um dia alguém me tire dessa ruína, que alguém me socorra deste profundo poço de desilusões, deste abismo que chamo d…